Para tornar seus suportes de comunicação acessíveis internacionalmente, a especialização linguística e cultural é apenas a parte visível do iceberg.

Exemplo: O formato validado no idioma de origem deve ser modificado para a implantação internacional dos seus banners e para serem compatíveis com os editores dos diferentes mercados locais.